Maça do Amor - Receitas



Ainda em ritmo de Festa Junina, hoje venho falar da deliciosa e suculenta Maça do Amor. Quem não gosta de comê-la, com certeza gosta de apreciá-la.

Linda e vermelha ela nos traz de volta o sabor da infância, do romance, das festas juninas e por que não das festas infantis? Elas combinam e muito com alguns temas de festas como: Circo e Branca de Neve.

Lembro-me que no aniversário de 1 ano do meu filho, que foi do tema Circo, eu ganhei uma caixa de maças do amor que estavam na quantidade de crianças da festa, nossa que problema me arrumaram, pois os adultos ficaram alucinados pedindo, então se for colocar maçã do amor na festa de seu filho(a), coloque uma quantidade extra, também para os adultos, porque em festa infantil, adulto se torna criança.

Curiosidades Sobre a Maça do Amor


Em 1959, quando a família de Antônio Farre Martinez, 62 anos, patenteou a maçã do amor, que comemora meio século neste ano, os galanteadores presenteavam as moças com o doce em um ato de romantismo.

Hoje, 50 anos depois, entregar a fruta caramelizada em um palito à namorada pode até soar brega, mas, para os "criadores", o importante é que o doce continua famoso, principalmente nas festas juninas.

A família espanhola chegou ao Brasil em 1954 e, como sabia fazer doces, resolveu usar os conhecimentos para ganhar dinheiro.

O irmão de Antônio, Ramon Farre Martinez, 77 anos, se inspirou nas frutas caramelizadas chinesas, como a uva e o abacaxi, e criou a maçã do amor - pois há muita maçã no Brasil.

Quem deu o nome romântico foi o pai dos irmãos, em uma reunião da família em 1959. Era tarde e todos trabalhariam no dia seguinte. "Põe logo maçã do amor e vamos dormir", disse. A ideia veio da história de Adão e Eva, na qual a maçã é o "fruto proibido".

Até hoje, porém, a família não ganhou dinheiro por conta da patente. "Nunca corremos atrás disso", disse Antônio, que é casado. A família vende o doce na Casa do Churro, na rua Rodrigues Barbosa, 232, Tatuapé (zona leste de SP).

Faça Você Mesmo


Ingredientes:


500 gr de açúcar
2 colher(es) (chá) de vinagre branco
1 colher(es) (chá) de anilina
4 unidade(s) de maçã

Modo de Preparo:

Misture os três primeiros ingredientes e faça uma calda grossa. Pegue as maçãs e espete em palitos de sorvete e mergulhe na calda. Ponha no tabuleiro e deixe esfriar. 

Observação:A anilina deve ser vermelha. 

O ponto da calda é aquele logo após o derretimento do açúcar. (Por volta de 147ºC) 

Espero que tenham gostado da receita de hoje e aproveito para lembrar que fazemos kits personalizados para festas, convites, tags e muito mais, dê uma passadinha lá na loja e confira nossos produtos.


Créditos:
Receita Cyber Cook
Agora São Paulo
 

Badaboom Personalizados © Copyright 2014. Personalizado por Badaboom Personalizados.